Este artigo vai fazer com que você seja orientado em sua viagem, tem poucos dias na capital baiana? Este roteiro vai lhe guiar durante 3 dias para que você aproveita muito e tenha bons passeios pela capital da alegria.

Não sabe onde se HOSPEDAR confira o link abaixo e saiba onde se hospedar em Salvador.

Roteiro de 3 dias em Salvador

Primeiro dia em Salvador – Visite o Centro Histórico

Se você têm apenas 3 dias em Salvador, antes tudo você precisa saber saber por onde começar, onde ir e o que visitar, pode parecer que você tenha pouco tempo, mas com um pouco de organização e o guia correto, você conhece lugares incríveis e memoráveis por toda capital baiana.

No primeiro dia, você deve começar pelo Centro Histórico de Salvador. Lá você vai encontrar grande parte dos atrativos da cidade. Caso você não tenha um carro a sua disposição, você pode pegar qualquer ônibus urbano, pedir um Uber ou solicitar um Taxi, que lhe deixe na Praça da Sé. Este vai ser melhor ponto para se começar o seu passeio pelo Centro Histórico.

Descendo na Praça da Sé, basta caminhar um pouco e você já verá um dos principais cartões-postais de Salvador: o Elevador Lacerda. Muito popular e importante para o comércio da cidade e de onde você poderá observar toda a Baía de Todos os Santos. Lá também é uma ótima opção para curtir o pôr do sol soteropolitano. O elevador funciona todos os dias até as 23 horas.

Seguindo o seu passeio você irá encontra a Praça da Cruz Caída, onde há um monumento em homenagem à derrubada da antiga Igreja da Sé.

Mais à frente, o famoso Terreiro de Jesus, onde você provavelmente gastará algumas horas circulando. Este é um largo, feito para jesuítas e onde hoje se concentram barracas e bares para curtir o dia e a noite no Pelourinho. Podemos dizer que aqui começa de fato o famoso “Pelô”.

Ao redor do Terreiro estão as principais igrejas do Centro Histórico: Catedral de Salvador – primeira igreja construída na Praça -, o convento e a igreja de São FranciscoIgreja da Ordem Terceira de São DomingosIgreja da Ordem Terceira de São Francisco e a Igreja de São Pedro dos Clérigos. 

Nas noites de finais de semana, a praça do Terreiro de Jesus é considerada uma das mais animadas da cidade.

Largo do Pelourinho

Você pode descer por qualquer ladeira que cerca o Terreiro de Jesus que você irá encontrar o Largo do Pelourinho. Onde acontecem shows de graça, principalmente durante o Carnaval e São João são os momentos de mais festas. É também onde você certamente vai encontrar o cortejo Olodum fazendo seus ensaios todas os domingos e terças.

Ainda no Largo do Pelourinho você vai encontrar a Fundação Casa de Jorge Amado, um maravilhoso museu sobre o maior nome da literatura baiana e ao lado você poderá ver a “Casa Azul de Michael”, como os baianos chamam a sacada da casa onde o cantor Michael Jackson passou e gravou seu clipe com o Olodum. Você claro poderá subir, tirar uma foto com a imagem do cantor que fica exposta na varanda e também aproveitar a vista do alto que é simplesmente fantástica.

Fundação Casa de Jorge Amado

Daqui você pode partir para os outros famosos largos do Pelourinho: Tereza Batista e Quincas Berros D’água, os dois mais famosos e movimentados nas noites baianas. Aproveite shows, peças teatrais e outros eventos de graça ou com custo super popular. O Pelourinho é um atrativo tanto para o dia como para a noite.

Descendo qualquer um dos largos do Pelourinho, você tem acesso à ônibus que te levarão para toda a cidade de Salvador. Indicamos que pegue um até o Farol da Barra. Se você visitou o Pelourinho durante o dia, se programe para ver o pôr do sol no Farol. Se o passeio foi durante a noite, na Barra você encontrará grupos circulando pelo calçadão e aproveitando a noite baiana.

No Segundo dia em Salvador –

  • Visite a Igreja do Nosso Senhor do Bonfim

Igreja do Nosso Senhor do Bonfim

No seu segundo dia, você pode fazer um passeio pela segunda parte do Centro Histórico, ainda tem muito pra aproveitar. Você encontrará a Cidade Baixa e todo o seu comércio. Dá para começar o tour também pela Praça da Sé e descer pelo Elevador Lacerda um dos pontos turísticos de Salvador, você pegar um ônibus até a Praça Cairu, na Baía de Todos os Santos.

Na parte baixa da cidade é onde você encontra o Mercado Modelo, que atualmente abriga um centro de artesanato local com vários itens para comprar e levar de presente com um preço muito em conta. Um local perfeito para comprar lembrancinhas para amigos, parentes queridos e é claro alguma coisa para você!

Do outro lado do Mercado Modelo você pode pegar um barco, pago, e conhecer outra maravilha de Salvador, o Forte de São Marcelo, que fica no alto-mar da Baía de Todos os Santos. A vista é simplesmente maravilhosa e  impecável e o passeio também já que você vai conhecer mais um pouco da historia!

Para fazer a travessia é cobrada uma taxa que lhe dá acesso para conhecer o museu que fica no forte em um passeio com pouco mais de uma hora é possível que ainda tenha um pequeno teatro que lhe mostrará um momento da época.

Voltando do Forte São Marcelo, você pode pegar um ônibus e ir ate a Ribeira lá é bom fazer uma parada na Sorveteria da Ribeira, e experimentar o famoso sorvete da mais antiga sorveteria da cidade.

De lá, vá caminhando ou também você pode ir de ônibus ou pegar um táxi/uber até a Colina Sagrada, onde fica a tradicional Igreja de Nosso Senhor do Bonfim da Bahia.

Igreja do Bonfim

Você já deve ter visto aquela igreja cheia de fitas na frente? É lá na Igreja do Bonfim onde elas são amarrada, milhares de fitinhas em homenagem ao santo. Existe um ritual local que diz que você amarra sua fita e faz um pedido amarrando-as nas grades. Assim quando a fitinha arrebentar o seu  pedido será realizado!

E lá nas escadarias da Igreja onde acontece a Lavagem do Bonfim, sempre na primeira quinta-feira depois do Dia de Reis em janeiro. Uma festa cheia de encantos e mistérios vale a pena conferir e participar.

De volta ao nosso roteiro, se ainda lhe sobrar vontade, vale apena aproveitar um pôr do sol, fazendo o trajeto inverso, visitando primeiro a Igreja do Bonfim e chegando no final da tarde na Ribeira. Na Ribeira você também encontra o Mercado Iaô, que só funciona aos domingos, com shows gratuitos de artistas locais e uma feirinha.

Largo do Rio Vermelho

Finalizando o dia 2, já saindo do Centro Histórico, experimente o popular Acarajé da Dinha, que fica no Largo da Dinha ou Largo do Rio Vermelho, no Bairro Rio Vermelho. Aqui também estão as principais boates e os principais bares da cidade. Cantinho perfeito para curtir a noite baiana.

Terceiro Dia –

  • Praias de Salvador

Praia de Itapuã

Use o terceiro dia para as praias, pode parecer algo besta, mas vir a Salvador e não aproveitar as praias que temos é ao menos nao curtir 100% de Salvador, talvez é o passeio que irá certamente deixar todos cansados por isso se você tem apenas 3 dias na cidade deixe por ultimo. Salvador tem uma das maiores orlas do Brasil e com uma estrutura super agradável.

Da Barra, você vai passar por: Ondina, Rio Vermelho, Pituba, Jardim dos Namorados, Jardim de Alah, Jaguaribe, Pituaçu, Patamares e vai acabar chegando até Itapuã, é possível parar, caminhar e admirar sua beleza e claro, tomar aquele banho de mar relaxante e completar com uma cerveja ou ate mesmo um coco gelado e refrescante, e não acabou.

Farol de Itapuã no bairro de Itapuã, Salvador, Ba.

Você pode terminar o dia na boêmia Praia de Itapuã ou em alguns quiosque em Piatã. Itapuã também tem um belíssimo o pôr do sol do seu primeiro dia em frente ao farol e à noite, experimente outro acarajé tradicional da cidade, o Acarajé da Cira. Para curtir a noite, dá para ficar no Largo da Cira ou voltar até a Piatã, onde você encontra muitos bares, musica ao vivo.